• NOVAS TECNOLOGIAS MUNDIAIS
  • GESTÃO MODERNA E PLANEJAMENTO PERSONALIZADO
  • COMPROMISSO COM O MEIO AMBIENTE, SAÚDE DA POPULAÇÃO E DOS CORPOS D´ÁGUA

Notícias

A ENOPS ENGENHARIA APRESENTARÁ RESULTADOS DOS TRABALHOS DE PERDAS DE ÁGUA REALIZADOS NAS PRINCIPAIS EMPRESAS DE SANEAMENTO DO PAIS, DURANTE SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM SÃO PAULO

« Voltar

05/07/2016

“Trabalho de perda executado pela Enops na Sabesp, recuperou água suficiente para abastecer um município de 400 mil habitantes”

A Enops Engenharia é uma das patrocinadoras do seminário Internacional “Controle de perdas e o enfrentamento da escassez hídrica”, promovido pela Câmara Temática de Gestão de Perdas da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), de 5 a 7 de julho, no Hotel Holiday Inn, em São Paulo. No dia 07, as 15h45, na sala Jequitibá, Carlos J. T. Berenhauser, diretor técnico da empresa vai apresentar expressivos números, resultado do trabalho dos últimos anos nas principais empresas de saneamento do país.

O avanço do saneamento básico no país, depende das melhorias na gestão do setor, em especial da situação dramática das perdas de água. Quando a crise hídrica ainda não se abatia nos grandes centros do país, a Enops já desenvolvia e implantava projetos personalizados, com modernas tecnologia para empresas de saneamento de todos os portes. São 20 anos de trabalho segmentados em 3 unidades de negócios:  engenharia, tecnologia e operação de sistema de água e esgoto.

Durante sua palestra, Berenhauser vai compartilhar exemplos inéditos,  como o do trabalho executado na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), com a implantação de 100 válvulas redutoras de pressão em 3.000 km de rede,  que permitiu rigoroso controle de 403 mil ligações que atendem uma população de 1,6 milhões de pessoas. O resultado foi a recuperação de 2,3 milhões de m3/mês de água, suficiente para abastecer um município de 400 mil habitantes e uma economia de R$ 3,7 milhões por mês. “O resultado desse trabalho com a Sabesp contribuiu de forma significativa para a superação da crise hídrica dos últimos anos”, comenta Carlos Berenhauser.

Outro trabalho de relevada importância, foi na Companhia de Água e Esgoto do Ceará (CAGECE) com  pesquisa de vazamentos e fraudes, que se iniciou em 2011 em mais de 16 mil km de rede de água, mapeando 7 mil ligações irregulares e mais de 44 mil vazamentos. A economia da empresa foi de 33 milhões de m3 de água, além de recuperação financeira superior a R$ 8,5 milhões somente com as fraudes detectadas. Atualmente a Enops desenvolve um trabalho focado na manutenção e melhorias operacionais de água e esgoto na Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) com 600 colaboradores.

Contrato de performance, com os investimentos iniciais feitos pela empresa e a remuneração através dos resultados, é o diferencial da Enops no mercado nacional. Esse modelo só é possível graças a experiência de uma empresa que preza pela qualidade dos seus produtos e serviços.

Outros exemplos serão apresentados, incluindo trabalhos em municípios com menos de 50.000 habitantes, além de implantações de programas visando perdas comerciais, no maior encontro sobre perdas realizado na América Latina. O seminário é uma das etapas preparatórias para o 29º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que será realizado em São Paulo em 2017 e que integra a construção do Fórum Mundial da Água, a ser realizado em Brasília em 2018.


 

Serviço:

Seminário internacional “Controle de perdas e o enfrentamento da escassez hídrica”

Quando: de 5 a 7 de julho de 2016

Local: Holiday Inn Parque Anhembi – Rua Professor Milton Rodrigues, 100 – Parque Anhembi – São Paulo


Ana Rizzo – 19 9 96674700 – ana@anarizzo.com

Assessoria de comunicação da Enops

04/07/16